Guimarães

Guimarães. Novas árvores e linha de água embelezam centro da Vila das Taipas

(c) Município de Guimarães
Partilhe esta notícia!

O projeto de requalificação do Centro Cívico das Taipas vai permitir colocar a céu aberto a Ribeira da Canhota, atualmente canalizada e submersa. Com a realização das obras de beneficiação, que atualmente estão a decorrer, os taipenses vão poder usufruir de um curso de água valioso do ponto de vista patrimonial e que atualmente não é visível.

A abertura à superfície da Ribeira da Canhota vai promover uma linha de água de grande interesse ambiental, permitindo a criação de uma galeria ripícola com a plantação de árvores autóctones e que são características de zonas húmidas.

Nesse sentido, serão substituídas as atuais espécies, que apresentavam sinais de patologias graves, de acordo com uma avaliação do estado fitossanitário realizada pela UTAD (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro), onde se verificaram várias árvores com problemas de crescimento amorfo e em mau estado sanitário. Além disso, com o alargamento do leito do rio, as árvores que estão na extensão do seu percurso não podem permanecer naquele local e têm de ser substituídas.

Assim, serão plantadas no local novas árvores, adaptadas a habitats ribeirinhos e em condições de parâmetros ambientais e dendrométricos que permitam o seu desenvolvimento harmonioso, sem condicionantes, melhorando a paisagem urbana e a sua biodiversidade. No projeto final, a obra de remodelação prevê o triplo de árvores comparativamente com as atualmente existentes.

Comentários

topo