Braga

Filas e distanciamento ‘mínimo’ em Mercado de Braga revolta clientes

(C) Carlos Dobreira
Partilhe esta notícia!

Hoje de manhã, pelas 10:32h, a fila para o Mercado Municipal de Braga tinha 80 pessoas no seu exterior e que chegou à passadeira frente ao Takeaway Cabana do Leão.

“Em grande parte organizada pelas cidadãs e cidadãos, na fila encontravam-se crianças e pessoas idosas, muitas delas expostas ao sol quando era possível organizar uma fila em zona de sombra, por exemplo na rua frente ao estabelecimento Frutas Trovisco”, escreve um dos cidadãos presentes em declarações ao Semanário V.

Na fila encontravam-se idosos com mais de 65 anos com limitações físicas perceptíveis, mas também acompanhantes de criança de colo com idade igual ou inferior a 2 anos.

A informação sobre o distanciamento social recomendado estava afixada nas grades do Município de Braga, apenas em frente ao edifício e na fila, segundo relatos, ouviram-se críticas veementes aos políticos locais (em particular, do Executivo Municipal), criticados por só aparecerem no Mercado nos atos eleitorais. Já dentro do Mercado, não havia medição da temperatura (em equipamento existente) e com frequência o distanciamento social não era respeitado.

Comentários

topo