Vila Verde

Vila Verde. Igrejas cheias e o povo feliz no regresso das missas comunitárias

(c) Todos os Direitos Reservados
Partilhe esta notícia!

O domingo de Ramos foi um dia de fé, esperança e que marca o início da Semana Santa, a Semana que antecede a Páscoa, um momento muito importante na vida cristã. O Semanário V, esteve presente em algumas missas comunitárias e encontrou o “povo feliz”, igrejas cheias e as celebrações alegres. Igrejas repletas de povo e adros também, cheios de gente espalhada à volta da igreja. As portas abertas para todos ouvirem e tudo feito num silêncio impressionante ao longo das celebrações.

Fotos: Todos os Direitos Reservados

“Igreja cheia, coro alto cheio e adro cheio de gente espalhada à volta da igreja”

O Padre Sandro Vasconcelos, em declarações ao Semanário V, refere que em Moure e Rio Mau estava uma multidão: igreja cheia, coro alto cheio e adro cheio de gente espalhada à volta da igreja. Portas todas aberta para todos ouvirem. E tudo num silêncio impressionante ao longo de toda celebração. Em rio mau é assim todos os domingos. Mais cheio está o coração: o meu e o deles”.

Fotos: Todos os Direitos Reservados

Igrejas cheias em diversas freguesias

Em várias paróquias de Vila Verde era visível as igrejas cheias e alegria no rosto de um povo que “precisa de ir à missa para lhe parecer domingo”, disse ao V um paroquiano.

As celebrações comunitárias estavam suspensas desde que Portugal confinou.

 

Missas voltam a ser celebradas em comunidade a partir de 15 de março

Comentários

topo