Amares

Comissão (CPHAV) quer museu em homenagem a António Variações em Amares

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Por ocasião da inclusão do filme Variações na programação da RTP1 do dia 10 de abril, a Comissão Promotora de Homenagem a António Variações (2018-2021) achou por bem apelar a um compromisso público para a criação do Museu em sua memória, em Fiscal, por parte dos/as candidatos/as à Câmara Municipal de Amares.

Pedido aos candidatos políticos à Câmara de Amares

“É nosso entendimento que estão criadas as condições para a concretização deste projecto em edifício existente em Fiscal, o qual irá perpetuar a vida e obra do poeta e cantor falecido em 1984. Trata-se de um desígnio nacional.
Hoje, o cidadão nascido no Lugar do Pilar (Fiscal) é um símbolo da cultura do país, tendo sido recentemente condecorado pelo Presidente da República Portuguesa. Mas falta um grande passo, ou seja, a criação de um Museu que seja um espaço de estudo e de investigação, de exposição permanente, de memória e evocação para a numerosa Família de António Variações (1944-1984), de encontro e de inclusão da sociedade portuguesa. Em ano de Eleições Autárquicas, seria relevante e até inovador vermos os/as candidatos/as à condução dos destinos do Município de Amares assumirem um compromisso público para a construção do Museu junto da Família do cantor e da sociedade amarense”.

Comentários

topo