Região

CIM Cávado quer comboio rápido de Lisboa à Galiza com passagem pelo Minho

(c) Município de Braga
Partilhe esta notícia!

A CIM Cávado quer continuar a crescer acima da média do Norte país e de grande parte do território nacional. O objetivo foi traçado esta segunda-feira, 19 de Abril, pelo presidente do Conselho Intermunicipal da CIM Cávado, Ricardo Rio no final de uma reunião de trabalho entre os presidente das câmaras da CIM do Cávado e o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N) e da Autoridade de Gestão do Programa Operacional Regional do Norte 2020, António Cunha.
No encontro, que decorreu no Altice Forum Braga, Ricardo Rio defendeu que o crescimento deve continuar a ser sustentado e alicerçado na competitividade das empresas, na sua capacidade inovadora e de gerar novas projetos de investimento.

Sobre a criação de uma via ferroviária mais rápida de ligação a Lisboa, ao Porto e ao Norte de Portugal e à Galiza, no âmbito do Plano Ferroviário Nacional, o presidente da CIM Cávado considerou esse investimento infraestruturante crucial para tornar o território mais acessível e mais competitivo e até também por razões de sustentabilidade.
Ricardo Rio elogiou ainda o trabalho que a CCDR-N e o seu presidente estão a fazer, considerando estas reuniões de António Cunha com os presidente de câmara das CIM um verdadeiro exercício de concertação territorial.

Comentários

topo