Barcelos

Município de Barcelos cria dois novos abrigos para controlar colónias de gatos

(C) CM Barcelos
Partilhe esta notícia!

São dois os novos abrigos criados para acolher os gatos abandonados no concelho de Barcelos, com o objetivo de controlar esta população e garantir o bem-estar animal. Esta medida, que facilita a captura dos gatos para esterilização e integra a política do Município de controlo das colónias de gatos existentes, faz parte do acordo de colaboração entre o Município de Barcelos e a Strettdogs – Associação de Proteção Animal.
O acordo prevê que o Município de Barcelos cumpra os objetivos de aplicação de um programa de esterilização para animais errantes, de programas de captura, esterilização e devolução de gatos silvestres e assilvestrados aos locais de origem, vulgarmente designados por Programas CED (capturar, esterilizar e devolver), e, desta forma, controlar as colónias de gatos e reduzir a população felina silvestre, através de um método ético e eficaz.
Assim, ontem, o Município inaugurou dois novos abrigos para as colónias de gatos.
Cada colónia terá um conjunto de responsáveis, que irão zelar pela qualidade do bem-estar animal. O primeiro abrigo situa-se na Urbanização S.José, numa colónia com 10 gatos e tem como responsável os cuidadores Joana, André, Graça, Filomena e Ana; o segundo abrigo situa-se em Tamel S.Veríssimo, numa colónia com 15 gatos e tem como responsável a cuidadora Cândida, ambos voluntários na Streetdogs.
Estes abrigos situam-se em áreas devidamente especificadas e que não ponham em causa a salubridade, a saúde pública e a segurança de pessoas, animais e bens.
Com estes, são já quatro os abrigos colocados no nosso Concelho. O ano passado foram colocados dois (um na EMEC em Abade de Neiva e outro na Quinta do Aparício), num projeto piloto que se revelou um sucesso.

Comentários

topo