Póvoa de Lanhoso

Cão atacou criança em Póvoa de Lanhoso e mãe alerta para “perigo de cães na rua”

(c) Redes Sociais
Partilhe esta notícia!

Uma criança foi atacada por um cão no concelho de Póvoa de Lanhoso, distrito de Braga, e a mãe fez relato arrepiante do momento, alertando para a imprevisibilidade dos animais.
“Venho por este meio relatar o que se passou com o meu filho e comigo em Santo Emilião. Como todos os dias, fui buscá-lo à creche e fizemos o mesmo caminho que fazemos todos os dias para casa. Parou para admirar as flores, as formigas, as vacas, as galinhas como todos os dias faz. Mas algo diferente se passou hoje, assim que passamos por um cão que estava deitado (a salientar que tem dono, mas anda sempre solto na via pública), este de repente levanta-se e salta em cima do meu filho. Deitando-o ao chão, mordendo-o e arranhando-lhe a cabeça. Retirei que mais rapido que pude o meu filho (de quase 3 anos) debaixo do cão (cão raça grande, parecido ao pastor alemão) e fugi o mais rapido que consegui. Em momento algum durante os meus gritos de desepero e o ladrar do cão os ditos donos se designaram a vir ver o que se passava. Imediatamente a GNR da Póvoa de Lanhoso foi avisada, que rápido chegou ao local, eles solicitaram a presença dos Bombeiros da Póvoa de Lanhoso que também chegaram muito rápido. Agradeço todo o apoio dos profissionais. Com tudo isto quero alertar os donos dos cães que andam por aí na rua a passear sozinhos, sem trela, sem supervisão. Por muito que o vosso cão nunca tenha feito mal a ninguém, eles são imprevisíveis e o pior pode acontecer. Graças a deus nada de mais grave aconteceu e o meu filho escapou com “apenas” dois pontos na cara e arranhões na cabeça. Mas vai viver com este trauma por muito tempo. Mas da próxima vez a vítima pode não ter a mesma sorte. Porfavor mantenham oa vossos cães dentro de casa ou dos vossos terrenos porque pode acabar muito mal para alguém. Esta partilha serve única e exclusivamente para alertar outros possíveis “donos” que autorizam os seus cães andarem a passear na rua sozinhos. Isto pode acabar muito mal para as vítimas, para o cão em questão e para os próprios donos. Por favor mantenham os cães em casa. Se saírem com eles só com trela, para vocês poderem agir se for necessário. Não desejo mal nenhum ao animal, porque para mim claramente a culpa é do dono.”

Comentários

topo