Barcelos

Semana Gastronómica do Galo de Barcelos esteve destaque na RTP

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A Semana Gastronómica do Galo regressa entre 8 e 16 de maio com o Galo, os Rojões e as tradicionais Papas de Sarrabulho à moda de Barcelos, numa iniciativa do Pelouro do Turismo da Câmara Municipal de Barcelos, inserido do programa anual “Sete Prazeres da Gastronomia”, e que este ano conta com 38 restaurantes aderentes.

Preparados para receber os clientes com toda a segurança, nos dias 8 e 9 de maio, os restaurantes têm para apresentar diferentes formas de confeção do Galo, que passam por galo estufado com ervilhas, arroz pica no chão, galo recheado, galo na púcara, galo de cabidela, galo à confraria, entre outros.

Já entre os dias 14 e 16 de maio, no Fim de Semana dos Rojões e das Papas de Sarrabulho à moda de Barcelos, os restaurantes apresentam os tradicionais rojões e as papas de sarrabulho.

A Semana Gastronómica do Galo é um dos grandes palcos de divulgação do receituário e cardápio tradicional do território barcelense que, para além da promoção dos sabores com tradição, pretende também promover experiências do mundo rural ligadas ao vinho e ao turismo no espaço rural, associando a gastronomia, a cultura e as tradições.

No dia 8 de maio, entre as 14h e as 18h30, realiza-se a Rota Criativa do Vinho e da Vinha, cujas inscrições são obrigatórias e limitadas, até ao dia 6 de maio, através de [email protected] ou 253 811 882.

O Turismo de Natureza regressa no dia 15 de maio, entre as 8h30 e as 13h, com o “Trilho do Rio Cávado até ao Areal de Caíde” (Barcelos – Rio Côvo Sta. Eugénia – Areias de Vilar); os Passeios Criativos, com o “Mundo Maravilhoso do Figurado”, entre as 9h e as 13h; e o Turismo Religioso, entre as 14h e as 17h, com a “Rota das Igrejas e dos Santuários Marianos” (Convento dos Frades, S. Bento da Várzea e São Salvador de Vilar de Frades). As inscrições nas atividades são obrigatórias e limitadas para [email protected] ou 253 811 882, até ao dia 13 de maio.

Veja aqui a reportagem (a partir do minuto 25)

Comentários

topo