Braga

Braga avança projecto para a criação de berçários e creches em todo o concelho

(c) Município de Braga
Partilhe esta notícia!

O Município de Braga vai avançar com um projeto-piloto para a criação de estruturas de apoio à primeira infância, nomeadamente berçários/creches. Uma das primeiras soluções será implementada em Gualtar, em cooperação com a Junta de Freguesia e com várias instituições, mas o projeto irá abranger todo o Concelho de Braga.

“Neste momento olhamos para o futuro e percebemos que existe uma área que nos parece particularmente crucial em todo o Concelho e que diz respeito às respostas para a primeira idade. Por força de uma Cidade jovem, em constante crescimento e continuamente a atrair e a fixar mais pessoas, temos vindo a sentir alguma dificuldade em dar uma resposta cabal à muita procura que tem existido em termos de berçários e creches em todo o Concelho”, explica Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, adiantando que o Município está particularmente empenhado em desenvolver alguns projetos-piloto nesta área, em articulação com as Juntas de Freguesia e instituições sociais.

“Nesse sentido, de acordo com o esforço anteriormente desenvolvido com a Junta de Freguesia de Gualtar e com o Centro Social do Vale do Homem, e no contacto com a Comissão de Trabalhadores do Hospital de Braga, estamos a preconizar que uma das primeiras soluções-piloto possa ser implementada na Freguesia de Gualtar, num dos terrenos municipais disponíveis para equipamentos”, refere Ricardo Rio, sublinhando a importância de “envolver todas estas instituições para dar corpo a esta solução”.

Na mesma linha, também a União de Freguesias de Nogueiró e Tenões dispõe de um terreno para este efeito, estando já em tramitação nos serviços municipais a apreciação de um apoio para elaboração dos projetos.

Por sua vez, a Junta de Freguesia de Adaúfe encetou diversas diligências ao longo deste mandato para poder vir a beneficiar de cedências de terreno de equipamento em projetos urbanísticos privados, mas caso as mesmas não se concretizem a curto prazo, avançará com a requalificação de um anterior edifício escolar, em articulação com o Município de Braga e outros parceiros da esfera social.

O Município de Braga vem também encetando contactos com as demais Juntas de Freguesia no sentido de fazer um levantamento exaustivo de necessidades e de identificação de potenciais promotores deste tipo de respostas em todo o território do Concelho.

Estes projetos poderão beneficiar das verbas inscritas no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para a criação destas novas valências, de forma a desenvolver experiências-piloto que correspondam às necessidades da população e assim alargar a rede existente deste tipo de equipamentos.

“Ao criarmos uma rede de serviços e de equipamentos de apoio à primeira infância, estamos a incentivar a natalidade e a apoiar as famílias Bracarenses. Este é um projeto que será implementado em articulação com as Juntas de Freguesia e com as diversas instituições e associações do Concelho, mas em que é fundamental um compromisso claro da Segurança Social no apoio a estas respostas”, conclui Ricardo Rio.

Comentários

topo