País

Multa a Ricardo Salgado de 290 mil euros prescreve em breve com processo parado

(c) LUSA
Partilhe esta notícia!

A notícia é avançada na edição desta sexta-feira do Expresso. Há três meses que um processo a Ricardo Salvado — uma contraordenação aplicada pelo Banco de Portugal — está parado no Tribunal da Relação de Lisboa. Com o arrastar do processo o antigo dono do BES pode escapar ao pagamento de uma coima de 290 mil euros.

A mesma fonte conta que tal se deve ao facto de o seu ex-braço direito, Amílcar Morais Pires, que também está visado no dito processo, ter avançado com procedimentos judiciais. O processo prescreve a 27 de junho e mesmo que exista “uma corrida contra o tempo” para que tudo fique resolvido, seria quase impossível fazê-lo, de acordo com o Expresso.

O jornal adianta que esta é uma das cinco multas que o Banco de Portugal aplicou aos dirigentes do BES, sendo que três ainda estão a decorrer nos tribunais.

Comentários

topo