Vila Verde

Vila Verde. Ativista denuncia ‘lixeira’ em Mixões da Serra e Aboim da Nóbrega

(C) Carlos Dobreira
Partilhe esta notícia!

Escreve o ativista Carlos Dobreira que “foi com surpresa que constatei a imundície em vários contentores, ruas e espaços públicos das localidades de Aboim da Nóbrega e em Mixões da Serra”.

Lixo diversificado fora dos contentores

Desde malas, resíduos de construção e demolição e cartão junto a contentor na Estrada Municipal 548, era visível ainda outro contentor absolutamente cheio e com lixo espalhado na Estrada Municipal 1145 a poucos metros da Escola do 1.° Ciclo.

Segundo Carlos Dobreira, em Aboim da Nóbrega é notório que a separação de resíduos tem de ser uma aposta por forma a dar outra imagem consentânea com a sua beleza paisagística.

Fotos: Carlos Dobreira

As ruas nas imediações da Igreja apresentam resíduos recicláveis e máscaras no chão. Também num espaço aprazível junto à Igreja foi até possível juntar resíduos como latas, uma pilha, caricas, garrafas de plástico sendo ainda visíveis garrafas de vidro.

Alerta à Câmara Municipal de Vila Verde

Acrescenta ainda Carlos Dobreira que “de facto, existe um longo caminho a percorrer na separação de resíduos e na limpeza de terras que são referências no concelho de Vila Verde. Urge dotar as localidades em causa de ecopontos, de papeleiras e promover uma campanha de sensibilização ambiental. O exposto será dado a conhecer à Câmara Municipal de Vila Verde”.

Comentários

topo