País

Primeiro-ministro diz que é cedo para levantar obrigatoriedade do uso de máscaras

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

O primeiro-ministro, António Costa, considerou hoje que a obrigatoriedade do uso de máscara, incluindo em espaços abertos, é uma “boa prática” para conter a pandemia de covid-19 e que no atual contexto ainda é cedo para levantar essa regra.

“Acho que é uma boa prática, é cedo para aliviar essa restrição tendo em conta o nível elevado que ainda existe da transmissão” do coronavírus SARS-CoV-2, sublinhou António Costa, em conferência de imprensa no final da reunião do Conselho de Ministros.

António Costa adiantou também que não existem até à data dados suficientes que indiquem que as pessoas que já foram vacinadas contra a covid-19 não possam transmitir, ainda assim, o vírus.

Atualmente, o uso de máscara é obrigatório nos locais fechados e na via pública quando não for possível manter o distanciamento social mínimo de dois metros ou em eventos e espetáculos ao ar livre.

“Tem sido a Assembleia da República a legislar sobre essa matéria e, tanto quanto sei, há pelo menos um grupo parlamentar que irá renovar a obrigatoriedade”, disse António Costa.

Comentários

topo