Região

Matou pai com 17 facadas em Celorico de Basto para se vingar de abusos sexuais

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O Tribunal da Relação de Guimarães confirmou a condenação a 17 anos e meio de prisão de um homem que matou o pai, em Celorico de Basto, para se vingar de alegados maus-tratos e abusos sexuais.
O homicídio na casa da vítima. O filho foi à casa do pai e, aproveitando o facto de este estar embriagado, colocou-lhe uma corda à volta do pescoço. A corda rebentou e o filho pegou numa navalha e esfaqueou o pai com 18 golpes, segundo avança o Correio do Minho.

Comentários

topo