Braga

Braga. Área Dedicada para Doentes Respiratórios ‘exposta ao calor e ervas daninhas’

(c) Carlos Dobreira
Partilhe esta notícia!

Numa deslocação ao Edifício do Centro de Saúde de Infias (concelho de Braga) onde se encontra uma Área Dedicada para Doentes Respiratórios (ADR) o cidadão Carlos Dobreira conta que “nos breves minutos que ali estive fiquei chocado com as condições desumanas de atendimento dos utentes da ADR, direcionados para duas tendas de campanha do Regimento de Cavalaria 6, expondo assim cidadãs e cidadãos ao calor intenso num espaço desenquadrado face às condições climatéricas que se fazem sentir. De referir que a ADR destina-se precisamente à “avaliação clínica dos doentes com suspeita de infeção respiratória aguda que pela gravidade dos sintomas necessitem de avaliação médica presencial.”

O cidadão reforça o estado lamentável de manutenção dos espaços verdes nas traseiras do edifício e de uma das tendas, tendo ficado surpreendido com o matagal visível. “Como cidadão e ex-militar não posso aceitar o exposto em pleno século XXI num concelho que constantemente é apresentado como de excelência e cujo edil é candidato ao Galardão World Mayor Prize 2021”, solicitando a intervenção do Primeiro-Ministro neste assunto.

Para saber mais sobre ADR clique aqui

De acordo com o Plano da Saúde para o Outono-Inverno 2020-21, as Áreas Dedicadas à COVID-19 (ADC) são convertidas em Áreas Dedicadas para Doentes Respiratórios (ADR). Estas áreas destinam-se à avaliação clínica dos doentes com suspeita de infeção respiratória aguda que pela gravidade dos sintomas necessitem de avaliação médica presencial.

Comentários

topo