Vila Verde

Mangueiras de alcatroar estradas ‘limpas em monte’ entre Loureira e Vila Verde

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Um cidadão falou com o Semanário V, e mostrou a sua indignação pelo ‘atentado ambiental’ que, segundo o mesmo, colaboradores do município de Vila Verde fizeram durante a pavimentação de um troço de estrada na rua é a padre Manuel António Caridade que se situa na Carvalhosa e liga à freguesia da Loureira.

A Rua padre Manuel António Caridade asfaltada em talvez 25% de toda a sua extensão, beneficiou de reparações entre passeios e asfalto e o restante troço, em terra batida e não fosse suficiente os detritos dos trabalhos executados ali despejados na parte menos nobre.

“Atentado ambiental”

O cidadão denuncia que a limpeza das canas de pulverizar o alcatrão foi “feita na bouça logo ali ao lado sujando de hidrocarburos propriedades privadas. Foi mesmo varrer a casa e meter o “lixo debaixo do “novo tapete” vê-se que se aproximam as campanhas eleitorais”.

“Na Câmara de Vila Verde tudo é possível, desde que se tenha lá um familiar ou amigo, e infelizmente para esses parasitas, eu próprio já fiz queixas registadas, e foram parar ao caixote do lixo”, refere um cidadão desolado e furioso.

Fotos: Direitos reservados

 

Comentários

topo