Região

Cobra-rateira captada na serra do Soajo em Arcos de Valdevez

(C) Borga Braga
Partilhe esta notícia!

Pela lente do fotógrafo Borga Braga uma cobra rateira foi captada através de um click fabuloso. Nos Arcos de Valdevez na serra do Soajo, um lugar onde é habitual a presença deste tipo de ofídio.

Cobra-rateira (Malpolon monspessulanus) com cerca de 80 centímetros de comprimento a auto-regular a sua temperatura nos primeiros raios de sol da manhã no mês de unho na Serra do Soajo, contou ao Semanário V o autor da foto, Borba Braga. A Cobra-rateira é o ofídio de maiores dimensões da Europa, medindo entre 160 e 230 cm.
Distribui-se geograficamente pelo sul da Europa (Península Ibérica, área mediterrânica de França, região adriática de Ístria, sul dos Balcãs), pelo Médio Oriente e pelo norte de África.
Alimenta-se de pequenos animais, mamíferos, aves e répteis, incluindo outras cobras, mas principalmente de roedores.
É venenosa, mas como possui os dentes inoculadores de veneno na parte posterior da boca (opistoglifa), não consegue inocular o veneno como defesa, usando-o apenas durante a deglutição das presas. Não consegue por isso inocular veneno nos casos de mordedura acidental em seres humanos.
Tem reprodução sexuada e é ovípara (põe ovos). Vive sobretudo em lugares secos, rochosos e arbustivos, em zonas de planície e de média altitude.

Em Portugal🇵🇹 temos

8 espécies de cobras

🐍 Cobra-d’água-viperina (Natrix maura).
🐍 Cobra-d’água-de-colar-mediterrânica (Natrix astreptophora).
🐍 Cobra-lisa-europeia (Coronella autriaca).
🐍 Cobra-lisa-bordalesa (Coronella girondica).
🐍 Cobra-de-ferradura (Hemorrhois hippocrepis).
🐍 Cobra-de-escada (Zamenis scalaris).
🐍 Cobra-rateira (Malpolon monspessulanus) ℹ️(veneno).
🐍 Cobra-de-capuz (Macroprotodon brevis) ℹ️(veneno).

2 espécies de víboras

🐍 Víbora-cornuda (Vipera latastei) ℹ️(veneno⚠️).
🐍 Víbora-de-seoane (Vipera seoane ℹ️(veneno⚠️).

A Cobra-rateira e a Cobra-de-capuz, embora possuam veneno não representam perigo para o ser humano. Já as duas espécies de víboras, é necessário ter em conta a sua toxina, especialmente em crianças, idosos ou adultos com certos problemas de saúde.

Fotos: Borga Braga / Todos os direitos reservados

Comentários

topo