Vila Verde

Governo investe mais de 5 milhões de euros na Estrada Nacional 101 em Vila Verde

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A Infraestruturas de Portugal (IP) lançou o concurso publico para a requalificação do troço de cerca de 20 quilómetros da Estrada Nacional 101, que representa um investimento de 6,3 milhões de euros, já em Outubro de 2020. Em comunicado enviado à Lusa, aquela entidade pública refere que este investimento pretende “melhorar as condições de mobilidade e segurança” dos utilizadores daquele troço, tal como noticiou o Semanário V.

A obra tinha um prazo de execução de 420 dias e vai beneficiar a EN101 entre o quilómetro 63, junto à povoação de Figueirinha, e o quilómetro 83,460, na interceção com a EN205 atravessando 11 freguesias de Vila Verde (Vade, Sande, Vilarinho, Barros e Gomide, Pico, Pico de Regalados, Gondiães e Mós, Prado, Vila Verde e Barbudo, Loureira, Geme, Soutelo – Vila Verde e Esqueiros, Nevogilde e Travassós).

Câmara de Vila Verde esteve em silêncio

O anúncio da requalificação da EN 101 despertou a atenção dos órgãos de comunicação social mas da Câmara Municipal nem uma palavra. Esta obra, tão ansiada pelo Município de Vila Verde e pelos vila-verdenses, deveria ser destacada em meios de comunicação do município para que o concelho pudesse congratular-se com este investimento tão badalado nos últimos anos em Vila Verde.

Associação de Utentes da EN 101 não saiu do papel

Em Dezembro de 2018 com toda a pompa e circunstância é formalmente criada a Associação de Utentes da EN101. As motivações segundo os promotores eram para a melhoria da segurança existente e a Construção da tão falada Variante a EN101, e promover o desenvolvimento do norte do Concelho e liga-lo a Braga em 20 minutos. Passados 2 anos em que não se ouviu falar mais da referida associação nem dos seus promotores, até que é lançado o concurso público para a requalificação da EN101.

(c) Associação de Utentes EN101

Obra avança na Estrada Nacional 101 em Vila Verde

A Infraestruturas de Portugal (IP) deu início à requalificação de um troço da Estrada Nacional (EN) 101 junto à Zona Industrial de Geme, em Vila Verde, o que representa um investimento de 5,2 milhões de euros, e aquela obra “prevê a requalificação de um troço com cerca de 20 quilómetros, com intervenções ao nível do pavimento, dos equipamentos da drenagem, de sinalização e segurança, tratamento de travessias urbanas, entre outros”.

Segundo a entidade, o prazo de execução daquela intervenção é de 420 dias.

Para além da beneficiação da plataforma rodoviária, refere a IP, “será reformulado o entroncamento ao quilometro 76 na Zona Industrial de Gême, construída uma rotunda no cruzamento com a EN205 ao quilómetro 82 e retificada a curva ao quilometro 72 de forma (…) a aumentar a sua segurança e prestação a nível global”.

Comentários

topo