País

Covid-19. Alemanha coloca Portugal na ‘lista vermelha’ de viagens

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

As autoridades sanitárias da Alemanha colocaram Portugal na ‘lista vermelha’, uma decisão que vigorará a partir de terça-feira e que obrigará todos os viajantes provenientes do território português a uma quarentena de 14 dias.

“Portugal é classificado como uma área de variantes [do SARS-CoV-2] de preocupação inicialmente durante duas semanas”, dá conta a decisão do Instituto Robert Koch, a agência federal de saúde da Alemanha, acrescentando “que uma extensão” deste período “é possível”.

A Rússia também foi considerada uma área de preocupação em relação a variantes do SARS-CoV-2 e, assim como Portugal, integrou a ‘lista vermelha’ alemã.

A decisão entrará em vigor às 00:00 de terça-feira (29 de junho).

Na terça-feira, a chanceler alemã, Angela Merkel, criticou a falta de regras comuns na União Europeia (UE) relativamente às viagens e utilizou como exemplo o aumento de infeções em Portugal, uma situação que “podia ter sido evitada”.

“O que lamento é que ainda não tenhamos sido capazes de alcançar um comportamento uniforme entre os Estados-membros em termos de restrições de viagem, isto é um retrocesso (…). Temos agora uma situação em Portugal, que talvez pudesse ter sido evitada”, explicitou durante uma conferência de imprensa em Berlim.

Um documento da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional Doutor Ricardo Jorge (INSA)explicitou hoje que a variante Delta, detetada na Índia, deverá ser responsável por mais de 70% das infeções na região de Lisboa e Vale do Tejo e que já poderá ser a predominante em Portugal.

Esta variante do SARS-CoV-2 é considerada mais contagiosa e possivelmente mais resistente a algumas vacinas.

Comentários

topo