Vila Verde

Chega Vila Verde acusa Júlia Fernandes de ‘campanha’ em página do Município

(c) Redes Sociais Chega Vila Verde
Partilhe esta notícia!

A Câmara Municipal de Vila Verde tem em execução o projeto de Requalificação Urbanística da Rua Luís Vaz de Camões, na sede concelhia.

Com um valor base de 516.083,77€, a empreitada vai “proporcionar a melhoria da qualidade espacial, estética e funcional desta rua, num esforço de criar equilíbrio, harmonia, unidade e continuidade com os restantes espaços que formam o centro urbano de Vila Verde”.

A rua Luís Vaz de Camões concorre para a melhoria da mobilidade no centro urbano de Vila Verde, “emergindo como um estratégico ponto de passagem e de articulação quotidiana, bem atenta a variedade e complementaridade dos vários serviços que se localizam na sua envolvente”, nomeadamente o Centro de Saúde, a Junta de Freguesia, a Segurança Social, a Escola Secundária, a Igreja, o Tribunal e a Câmara Municipal.

Visita às obras com a comitiva incluindo Júlia Fernandes (PSD) indigna Chega

O Chega Vila Verde veio a público mostrar a sua indignação pelo aparecimento de Júlia Fernandes na maioria das fotos de obras que decorrem no concelho, sendo que a última é na Rua Luís Vaz de Camões depois de, Júlia Fernandes, ser já candidata oficial do PSD à Camara de Vila Verde.

“Gostávamos que alguém do executivo da Câmara Municipal de Vila Verde explicasse aos vila-verdenses o que faz constantemente a vereadora da cultura, educação e ação social, nas obras que se vão fazendo no concelho. Isto não passa de um ato de campanha e de promoção pessoal. Gostaríamos também que fosse explicado se esta fotografia foi tirada em horário de trabalho da vereadora em questão, porque caso tenha sido, devem ser descontadas do ordenado as horas em que a vereadora passa a promover-se em vez de estar a trabalhar no seu pelouro”, escreve o Chega Vila Verde.

Comentários

topo