Vila Verde

Vila Verde. PS denuncia obras, muros e caminhos ‘particulares’ em ano de eleições

(c) Semanário V
Partilhe esta notícia!

O Partido Socialista (PS) de Vila Verde, pela voz do líder da sua bancada na assembleia municipal, Samuel Estrada, levantou o véu sobre as obras em muros e caminhos particulares que se levam a cabo em ano de eleições no concelho de Vila Verde.
Nos assuntos antes da ordem do dia, Samuel Estrada alegou que em Vila Verde “é visível as obras que se fazem em muros e caminhos particulares em várias freguesias no período antes da eleições”.
António Vilela em resposta ao deputado socialista disse “não ter conhecimento de nenhum benefício a particulares em muros e caminhos” e desafiou Samuel Estrada a denunciar alguma dessas obras caso tenha conhecimento.
Samuel Estrada (PS) foi mais longe e falou em que nessas obras é visível os funcionários do Município a trabalhar.
António Vilela continou a negar conhecimento e desafiou os presidentes da junta a falar sobre o assunto, e só apenas Pedro Dias, presidente da jinta da Loureira falou sobre o assunto, negando benefícios de obras particulares.
Este é um assunto levantado sempre que se aproximam as eleições autárquicas em Vila Verde pois, muitos populares, levantam suspeitas de material e obras levadas a cabo em locais particulares por parte das juntas de freguesia e pelo Município.
Na freguesia de Prado São Miguel segundo relatos de populares é visível nestas últimas semanas “montes de pedra e gravilha” a serem colocados em caminhos que servem “meia dúzia de casas” onde durante mais de três anos não se viu uma obra de benefício à população local.

Comentários

topo