Vila Verde

Vila Verde. EPATV forma 18 eletrotécnicos com ‘destinos programados e garantidos’

(c) EPATV
Partilhe esta notícia!

Com “destinos programados” – uns com contratos de trabalho resultantes do estágio, outros com prosseguimento de estudos para o IPCA e IPVC – , os 18 finalistas do Curso Técnico Profissional de Eletrotecnia defenderam, no dia 9 de julho, as suas Provas de Aptidão Profissional (PAP) na Escola Profissional Amar Terra Verde.
Em 2020, “onze dos nossos alunos seguiram estudos superiores no IPCA” – revelou Sandra Monteiro, Diretora Pedagógica. Para já, “temos um para CTeSP em Melgaço (IPVC) e mais quatro para o IPCA. Estamos na terceira PAP – entre dez – deste ano. O balanço não pode ser melhor.”.
A manhã do dia 9 de julho arrancou com a apresentação de um sistema de rega para um estádio relvado pela tripla Rui Oliveira, Tiago Costa e Hugo Azevedo. Os dois começam a trabalhar na próxima segunda-feira e o terceiro vai ingressar num CTeSP da área.
Perante o júri presidido por Sandra Monteiro, Diretora Pedagógica, e constituído pelos professores Carlos Silva (Diretor de Curso), Pedro Arantes (Diretor de Turma), Aurélio Machado (Orientador de Projeto), Sandra Guedes (Corretora), Marco Monteiro (da empresa Smov Energy), Cláudio Pimenta (empresa ODARP) e Paulo Amorim (Sindicato SITE-Norte), foram apresentados seis projetos inovadores.

Comentários

topo