Braga

Câmara de Braga ‘abandona’ Urbanização da Quinta de São José em Palmeira

(c) Carlos Dobreira
Partilhe esta notícia!

“A Urbanização da Quinta de São José (Palmeira – Braga) está ao abandono e é o retrato do tratamento desigual das freguesias do concelho protagonizado pelo atual Executivo Municipal. Em ano de Eleições Autárquicas, talvez seja feito em 2 meses o que não foi feito em 8 anos de gestão do atual Presidente da Câmara Municipal de Braga”, denuncia Carlos Dobreira, falando em desigualdades de tratamento.

Arranjos e problemas nesta urbanização

“Como evidências desse abandono estão insuficiências e necessidades, com destaque para a urgente remarcação das 8 passadeiras existentes na Rua Professor Mota Leite, na Rua das Tílias, na Rua dos Pastorinhos de Fátima e na Rua do Milénio, a pintura de passadeiras na Rua de São José, na Rua das Tílias e na Rua Pedro Hispano, a pintura das marcas rodoviárias (linhas contínuas, linhas descontínuas e linhas descontínuas de aviso) e a substituição de sinalização obsoleta em toda a Urbanização. Igualmente, é urgente o arranjo e a construção de passeios na Rua Professor Mota Leite, a colocação de papeleiras com cinzeiro, a construção de 2 ecopontos na Rua do Milénio e na Rua Pedro Hispano, a colocação de 2 contentores frente à Pastelaria Doce Flor e na Rua Pedro Hispano, a plantação de árvores, assim como a requalificação do Parque de Lazer da Quinta de São José, em particular as infraestruturas desportivas, o circuito fitness, o parque de merendas, o parque infantil (já retirado em julho), papeleiras e sistema de rega e afixação de informação”, avança Carlos Dobreira avançando que o exposto será denunciado à Câmara de Braga e à ASAE.

Fotos: Carlos Dobreira

Comentários

topo