País

Covid-19. Vacinação de crianças saudáveis está aberta à “livre escolha dos pais”

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, salientou hoje que as autoridades de saúde não proibiram a vacinação contra a covid-19 para crianças saudáveis, considerando que “esse espaço continua aberto à livre escolha dos pais”.
Media player poster frame

“As autoridades sanitárias não proibiram a vacinação no caso de as crianças não terem doenças ou patologias. Esse espaço continua aberto à livre escolha dos pais”, disse Marcelo Rebelo de Sousa.

O chefe de Estado português falava no sábado aos jornalistas a partir do Consulado de Portugal em São Paulo reagindo à recomendação, na sexta-feira, pela Direção-Geral da Saúde, da administração prioritária de vacinas contra a Covid-19 em crianças entre os 12 e os 15 anos com doenças associadas graves.

“As crianças vacinadas beneficiam de uma prevenção que lhes é positiva, isso não foi vedado, nem proibido pela DGS e está aberto aos pais em termos de escolha para os seus filhos”, sublinhou o Presidente da República, que falava à margem da assinatura de um protocolo

Comentários

topo