Braga

PAN Braga quer Criar Serviço Municipal de Compostagem de Resíduos Orgânicos

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O candidato do PAN à Câmara Municipal, Rafael Pinto e à Assembleia Municipal, Tiago Teixeira, reuniram-se esta semana com o Circular Economy Club de Braga para debater medidas de economia circular e reaproveitamento de resíduos para o concelho.

“Precisamos de melhorar a gestão de resíduos no concelho”, afirma Rafael Pinto, salientando “No que toca à reciclagem, apenas 56% dos munícipes têm acesso rápido a contentores e só 21% dos resíduos produzidos são reciclados. Estes dados são inaceitáveis para uma cidade que se quer moderna e progressista”.
À margem da reunião, o partido apresentou várias propostas como a antecipação da aplicação da diretiva europeia que obriga à recolha seletiva de resíduos orgânicos.

“Através da criação de compostores comunitários, o PAN propõe um Serviço Municipal de Compostagem que consiga valorizar os restos alimentares para a produção de fertilizantes naturais.” Na gestão de resíduos o partido ambientalista defende ainda o teste da recolha porta a porta e o alargamento da rede de ecopontos, oleões e pilhões. “Com a emergência climática, é cada vez mais importante valorizar os resíduos, mas também utilizar o mínimo possível. Por isso queremos ainda a criação de oficinas de reparação de equipamentos, os Repair Cafes, feiras de troca de vestuário e fomento de lojas em segunda mão” continua o candidato, finalizando “Vamos ainda defender a criação de uma bolsa de objetos usados, reparados por voluntários ou em parceria
com o comércio local que inclua equipamentos eletrónicos, eletrodomésticos e mobília que possam ser cedidos a pessoas em situação económica vulnerável”.
O partido acredita que para além da componente ambiental, estas propostas têm um forte cunho social, promovendo não só a criação de emprego verde, mas também o apoio a quem mais precisa.

Comentários

topo