País

Covid-19. “Portugal atingiu “marco muito importante” na vacinação”

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

Costa disse que Portugal atingiu um marco muito importante ao alcançar 70% da população com pelo menos uma dose da vacina e que a vacinação é fundamental para retomar a normalidade.

O primeiro-ministro considerou hoje que Portugal atingiu um “marco muito importante” ao alcançar a meta de 70% da população com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, relembrando que a vacinação é “fundamental” para “retomar a normalidade”.

“Atingimos hoje um marco muito importante: 70% dos portugueses estão vacinados com a primeira dose da vacina contra a covid-19. Este é um passo decisivo para as duas metas que temos de prosseguir: que no final deste mês, 70% tenham a vacinação completa, e que no final do mês de setembro, 85% da população tenha a vacinação completa”, afirmou António Costa numa declaração vídeo gravada na residência oficial do primeiro-ministro, em São Bento, e colocada na página eletrónica do Governo.

Frisando que a vacinação é a “condição fundamental para cada um estar seguro e todos estarmos seguros”, assim como para se conseguir “retomar a normalidade”, António Costa relembrou que a “pandemia não acabou”.

“As variantes continuam e não podemos pensar que tudo voltou já ao normal. Não, o vírus continua entre nós”, destacou o primeiro-ministro.

Nesse sentido, o chefe do executivo apelou a que se continue “a manter toda a prudência” quer seja no regresso ao trabalho ou no “gozo das férias”, através do “uso da máscara”, da “higiene das mãos” e do “distanciamento físico”.

“Férias com covid-19 não é o mesmo que férias sem covid-19”, apontou.

O primeiro-ministro felicitou ainda o “trabalho extraordinário” desempenhado pela ‘task force’ responsável pela vacinação e pelos “profissionais de saúde”, que permitiram que Portugal atingisse hoje a meta dos 70%, saudando também a “admirável adesão dos portugueses ao processo de vacinação”.

“Desejo a todos muito boa saúde, mas para que a nossa saúde esteja protegida, é fundamental que nos protejamos uns aos outros”, concluiu António Costa.

Portugal atingiu hoje a meta de ter 70% da população vacinada com pelo menos uma dose de vacina contra a covid-19, anunciou o Ministério da Saúde em comunicado.

O objetivo estava previsto entre 08 e 15 de agosto, acontecendo assim antes da data estimada.

Segundo a nota do Ministério da Saúde, “já foram administradas, em Portugal continental, cerca de 12,1 milhões de vacinas, que permitiram vacinar com pelo menos uma dose mais de 6,9 milhões de pessoas, das quais à volta de 6,2 milhões já têm o esquema vacinal completo”.

O comunicado refere ainda que, se for tida em conta apenas a população com idade recomendada para vacinação em massa, ou seja, com 16 ou mais anos, “estima-se que cerca de 82% tenha iniciado o seu esquema vacinal, sendo que, destes, 75% já terão a vacinação completa.

O calendário referido pela ‘task force’ que coordena o programa de vacinação prevê que, entre 05 e 12 de setembro, 70% da população tenha o esquema vacinal completo, altura em que se estima que 85% da população tenha já pelo menos uma dose da vacina administrada.

A pandemia de covid-19 fez pelo menos 4.247.424 mortos em todo o mundo, entre mais de 200,1 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, desde que a OMS detetou a doença na China em finais de dezembro de 2019, segundo o balanço mais recente da AFP com base em dados oficiais.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.440 pessoas e foram registados 982.364 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Comentários

topo