País

Chega defende que incendiários devem ser equiparados a terroristas

(c) Redes sociais
Partilhe esta notícia!

Portugal atravessa uma fase delicada de incêndios que lavram em Tomar e já destruiu fábricas e também levou à evacuação de pessoas das suas casas e ao corte da autoestrada A22.

O Chega veio publicamente defender que os incendiários devem ser equiparados a terroristas dadas as consequências que trazem os incêndios às populações e todos os prejuízos para o país e regiões onde lavram grandes incêndios.

“A única maneira de reduzir efetivamente os fogos é equiparar os incendiários a terroristas. Na verdade quem queima extensões e extensões de terrenos, sem se preocupar com vidas, casas, carros ou outros bens, não é mais nem menos que um TERRORISTA. Pelas nossas gentes”, escreve o Chega em comunicado.

Comentários

topo