Vila Verde

Chega denuncia promessa de ‘ecovia do Vade’ falhada por Carlos Cação e Câmara (PSD)

(C) Fernando Silva
Partilhe esta notícia!

Em Covas na União de Freguesias do Vade encontrámos duas pontes histoticas num estado de abandono total. “Tanto a junta de freguesia como a Câmara Municipal nada fazem para conservar o património existente”, escreve Fernando Silva candidato do Chega Vila Verde à Câmara Municipal de Vila Verde.

“Promessas eleitorais não cumpridas”

Fernando Silva denuncia que “o presidente de junta da União de Freguesias do Vade, Carlos Cação, em 2018, promovia-se dizendo que já estavam em construção os “Passadiços do Vade” que ligariam Penascais a Covas pela zona envolvente do rio Vade. Três anos depois as tábuas que foram colocadas para aparecer nos jornais estão podres, e nada mais foi feito”.

Potencial de turismo

O Chega Vila Verde diz no mesmo comunicado que esta zona do concelho tem um potencial enorme para a criação de uma praia fluvial em Covas e para a construção de uma Ecovia ao longo do rio Vade.

“Depois de 8 anos da União de Atães, Codeceda, Covas, Penascais e Valões, e com mais de 1 milhão de euros recebido dos cofres do estado, pouco ou nada foi feito”, conclui Fernando Silva do Chega Vila Verde.

Comentários

topo