Região

PJ detém pastor suspeito de atear fogo que atingiu grandes dimensões

(c) LUSA
Partilhe esta notícia!

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, com a colaboração do Grupo de Trabalho para a Redução de Ignições (PJ, GNR e ICNF), procedeu à identificação e detenção de um homem, suspeito de ter ateado um incêndio em área florestal, sita em Castro Daire.

O incêndio, ocorrido no dia 21 de maio de 2021, pela 15H38, consumiu cerca de 5 hectares de área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato e pinheiro bravo disperso.

O incêndio colocou em perigo uma vasta mancha florestal, constituída maioritariamente por mato e pinheiro bravo, bem como de habitações, de valor consideravelmente elevado.

O detido, com 58 anos, pastor, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Comentários

topo