Braga

Braga. ‘Lixeira’ em Nogueira motiva denúncia na Inspeção-Geral do Ambiente

(c) Carlos Dobreira
Partilhe esta notícia!

A situação já é conhecida nas redes sociais e a imprensa online tem divulgado o que se passa em Nogueira (concelho de Braga) desde 2020.

De facto, na manhã de 22 de agosto, desde a Travessa da Igreja até à Rua do Barral, em Nogueira (concelho de Braga) era possível observar muitos resíduos nas bermas da estrada, lançados na encosta, em linhas de água e próximos de terrenos agrícolas.

“Assim, os resíduos são diversos desde baldes de tinta, trinchas, tijolos, muitos cartões, persianas, pneus, garrafas de plástico até mosaicos e azulejos, sendo que, próximo do final da subida da Travessa da Igreja, uma das encostas revelava a presença de toneladas de resíduos (por ser um local ermo e propício a rápida deposição) com mobiliário diverso (muitas portas de madeira), azulejos em grande quantidade, vidros, tubagens, fios elétricos, espumas de isolamento acústico, telhas, mesas, esferovite, partes de frigoríficos, máquinas de lavar a louça e arcas frigoríficas, armários, alumínios, plásticos (embalagens, sacos) e fitas de cintagem, areia, madeiras diversas utilizadas na construção civil e sacos com entulho”, escreve Carlos Dobreira em denuncia enviada à IGAMAOT e à GNR.

Comentários

topo