Guimarães

Guimarães abre portas para mais uma edição de “Magic Carpets”

(c) Município de Guimarães
Partilhe esta notícia!

Intervenções no Largo do Cidade (junto à Pousada da Juventude) e Rua da Caldeiroa (Fábrica do Arquinho) para serem apreciadas de 2 de setembro a 31 de outubro.

“Longa Jornada – Para uma Crítica da Urgência” é a proposta curatorial para este ano na quarta edição de “Magis Carpets”. As intervenções estão patentes no Largo do Cidade (junto à Pousada da Juventude) e Rua da Caldeiroa (Fábrica do Arquinho) e podem ser visitadas entre os 2 de setembro e 31 de outubro, apontando a necessidade da existência de uma crítica do urgente, consciencialização crítica do individual e coletivo, revelados através da ideia do artista como flâneur (percursos e cidade).

Lucie Dhermain (França), Iva Perućič e Maja Šušak – Colectivo Paprat (Croácia) são as artistas selecionadas para as residências artísticas integradas no projeto Magic, através da Ideias Emergentes/Bienal Contextile, com curadoria de Cláudia Melo.

Estas residências artísticas encontram-se, ainda, integradas na programação do projeto Bairro C, promovido pelo Município de Guimarães e no qual a Ideias Emergentes/Contextile tem uma participação ativa como entidade co-organizadora. As residências contam ainda com a colaboração da Onda Amarela e do Laboratório da Paisagem.

O Bairro C tem como ambição a consubstanciação discursiva da estratégia de desenvolvimento do território a partir da Cultura, do Conhecimento, da Ciência e da Criatividade em estreita ligação com a Comunidade.

Comentários

topo