País

Dois meses após acidente mortal com carro de Cabrita família ‘não recebeu nada’

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

Dois meses após o acidente envolvendo o carro do Ministro da Administração Interna Eduardo Cabrita, segundo avança a CMTV, a família do homem falecido ainda não recebeu ‘um cêntimo’ da segurança social.

Advogado da família de homem atropelado por carro do MAI estranha ausência de travagem

No mesmo caso o velocidade a que o carro circulava ainda não foi revelado e o caso está ‘em segredo’ segundo a mesma fonte.

CHEGA pediu para Eduardo Cabrita ser ouvido

O deputado único do Chega, André Ventura, requereu ha audição, no parlamento, do ministro da Administração Interna (MAI), Eduardo Cabrita, a propósito do atropelamento de uma pessoa que envolveu o automóvel em que seguia o governante.

De acordo com um requerimento entregue em julho na Assembleia da República e endereçado ao presidente da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, o deputado único sustentou o pedido com dúvidas que estão “por esclarecer” a propósito de um atropelamento mortal que ocorreu na autoestrada A6, na zona de Évora, em 18 de junho.

André Ventura considerou que, na sequência da investigação que está a ser feita pelo Ministério Público (MP) ao incidente, o ministro escudou-se “nesse mesmo inquérito para não falar no assunto”.

Chega quer ouvir Eduardo Cabrita na Assembleia sobre atropelamento mortal

 

Comentários

topo