Braga

Braga. Candidato independente Ricardo Silva apoia ‘ARCUMusica’ em S. Victor

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A candidatura independente à Freguesia de S. Victor, “Ricardo Silva 2021” visitou a Associação Cultural e Recreativa da Universidade do Minho (ARCUM), tendo sido recebida pelos dirigentes Nuno Pinto e Vicente Costa.
O Presidente da ARCUM, Nuno Pinto, referiu que a ARCUM pretende relançar a sua dinâmica cultural nestes próximos tempos, assumindo a necessidade de “desconfinar” com segurança, mas também por uma questão de saúde social.
Nuno Pinto referiu que pretende voltar a dinamizar algumas atividades, ainda que em contexto adaptado. Lembrou que os vários grupos que compõem a ARCUM têm sabido responder ao desafio de continuar a promover os eventos culturais, ainda que algumas opções passem pelo “mundo digital”. O Presidente da ARCUM abordou a mudança de sede da ARCUM para o Campus de Gualtar, acompanhando a AAUM, esperando que seja uma oportunidade para captar mais elementos para os grupos culturais. Neste momento, Nuno Pinto mostra-se preocupado com a crise associativa, provocada pelos confinamentos da COVID-19, pois todos os grupos estão com menos elementos nas suas composições.

O dirigente Vicente Costa apresentou o projeto “ARCUMúsica”, uma escola de música, tendo como intuito a promoção do ensino artístico, a difusão das artes tradicionais e permitir o estreitamento de laços entre a comunidade académica e a sociedade civil. Esta iniciativa visa ensinar a tocar instrumentos musicais, sobretudo na área da percussão tradicional, dos cordofones e dos sopros.

O candidato Ricardo Silva assumiu o compromisso de ajudar a alavancar a ARCUMúsica, numa dinâmica de parceria da Academia São Victor, em que as aulas da escola de música poderão decorrer na sede da Junta de Freguesia. Esta é uma possibilidade que ajudaria a divulgar a iniciativa da ARCUM junto da sociedade civil e complementaria a atividade cultural e educativa da Junta de Freguesia de S. Victor, que também se ressentiu com a pandemia.
Mas o candidato foi mais longe e desafiou a ARCUM a ser parceira em Festivais temáticos a organizar pela Junta de Freguesia, tal como um Festival de Música Cigana (proposto pela Associação “Os Sinos da Sé”), ou a realizar Saraus de Poesia no novo Jardim Urbano da Junta de Freguesia de S. Victor.

O candidato fez-se acompanhar, nesta reunião, por Mariana Araújo e Mauro Franqueira, enquanto mandatário da Juventude. Mariana Araújo, que tem família no Bairro Social das Enguardas, desafiou a ARCUM a dinamizar ensaios e a promover eventos musicais no Bairro Social, para que a Junta de Freguesia de S. Victor possa investir na abertura de bolsas de estudo e incentivar a aprendizagem de instrumentos musicais por quem possui menos recursos financeiros. O candidato Ricardo Silva corroborou esta vontade, incentivando a ARCUM a promover, ainda, um Festival de Artes Performativas em espaço público da Freguesia de S. Victor.

Para fomentar o contacto entre as associações culturais, a candidatura “Ricardo Silva 2021” assume a vontade de realizar, em 2022, a Feira das Associações, promovendo o trabalho em rede.

Comentários

topo