Vila Verde

Chega Vila Verde acusa PSD de ‘desrespeitar’ luto nacional com altifalantes e ‘festas’

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Fernando Silva (Feitor) candidato do Chega à Câmara Municipal de Vila Verde veio a público, em comunicado, ‘acusar’ o PSD de Vila Verde de desrespeitar o luto nacional decretado pelo Governo.
Segundo Fernando Silva, o PSD, andou a fazer campanha com música no Norte do concelho e anunciar comício na freguesia de Moure.

O PSD de Vila Verde nas suas redes sociais escreveu que fez uma restruturação da sua campanha, transformando as festas-comício em sessões de esclarecimento, mas o Chega acusa de ser “uma forma de camuflar as festas que já nos habituaram”.

Comunicado de Chega na íntegra:

“Em sequência da morte do Ex Presidente da República Jorge Sampaio, o governo decretou três dias de luto nacional em território nacional. Os agentes políticos reagendaram as suas ações de campanha, ou moldaram as suas intervenções para respeita o decreto do governo. Qual o espanto, ou não, da nossa candidatura, em Valdreu, hoje, andava um carro de propaganda da candidatura de Júlia Fernandes com música pela freguesia e na zona de Moure um outro carro a anunciar um comício na freguesia de Moure.

Qual o respeito destes senhores pelo luta nacional? Não vale tudo na política. Não vale festas e festinhas que o PSD de Vila Verde já nos habitou em tempo de luto nacional.
Por respeito, reagendamos as nossas ações, sem música, sem festas, apenas em contacto com a população que é isso que nos move.

CHEGA! A MUDANÇA EM VILA VERDE ESTÁ A CHEGAR!

UM ABRAÇO AMIGO, FERNANDO SILVA”

Comentários

topo