Mundo

O bom filho a casa torna: Retorno de Cristiano Ronaldo ao Manchester United

Partilhe esta notícia!

Já se sabia que o Juventus não era o time ideal para no qual Cristiano Ronaldo jogar em mais uma temporada. Mesmo ele já desconfiava disso e, em vez de adotar a camisa do Paris Saint-German, Real Madrid ou até mesmo do Manchester City, que vinha sendo sua principal aposta de transferência, preferiu obedecer ao chamado de casa e finalmente está de volta ao Manchester United depois de 12 anos.

Cristiano deixou a seleção portuguesa na semana passada rumo a uma proposta contratual de dois anos com a Old Trafford, ex-clube onde se consagrou mais um dos craques de peso a carregar o número 7 na United. Depois de ser presenteado por Cavani, dono da camisa 7 até o jogo contra o Wolverhampton no último domingo, o CR7 foi recebido, nesta terça-feira (7), pela primeira vez em um campo de treinamento do Manchester United pelo técnico Ole Gunnar Solskjaer, já disposto a treinar para as seleções na Data Fifa.

Não só torcedores e a equipa da Betway apostas desportivas, mas também a seleção portuguesa são os que mais comemoram a reviravolta das negociações de Cristiano com o Manchester City na fase de transferências 2021/2022. Segundo o técnico da Juventus, foi o próprio jogador quem disse querer sair da Velha Senhora depois dos 3 anos no clube. Agora, novamente a jogar pelo lado do segundo time de sua carreira, do qual fez parte entre os anos de 2003 e 2009, Cristiano Ronaldo tem tudo às mãos para continuar a escrever a história de grande ídolo que começou por ali.

O que esperar do retorno?

O time do United parece estar fortemente munido para a nova temporada, visto que grandes nomes além de Cristiano Ronaldo foram anunciados na equipa ao fim da última janela de transferências. Raphaël Varane, ex-zagueiro do Real Madrid, e o atacante inglês Jadon Sancho são outros destaques das novas contratações do Manchester United; isso sem mencionar as ótimas performances que os meio-campistas Pogba e Bruno Fernandes vêm a desempenhar.

No entanto, a volta de Ronaldo ainda é o ponto mais promissor para torcida e equipa neste momento. A primeira passagem do jogador no United ficou conhecida  como os anos de glória do clube, nos quais, entre as conquistas, em até 2008, foram 3 títulos do campeonato inglês, 1 Liga dos Campeões e 1 Campeonato Mundial de Clubes. Ainda em 2008, Cristiano recebeu seu primeiro título de melhor jogador do mundo da FIFA e os prêmios Bota de Ouro e a Bola de Ouro, da revista France Football. Enquanto jogador do Juventus, a partir de 2018, ele até conseguiu manter os resultados individuais incríveis e conquistou novos recordes e títulos ao longo das 134 partidas, mas o time, por outro lado, encarou anos desastrosos que não trouxeram tantos triunfos apesar da assistência do craque.

Mas será que a decisão de Cristiano Ronaldo foi mesmo a melhor? A Betway apostas desportivas espera ansiosa para saber o que os fãs e companheiros do craque têm a achar sobre esse próximo passo na carreira dele.

Já na visão de especialistas, só o renome do jogador seria o suficiente para deixá-lo escolher em qual time jogar, em particular quando clubes prestigiados competiam com ofertas milionárias para que ele vestisse suas camisas. O fechamento relâmpago em cima do acordo quase que certeiro com o Manchester City, de fato, virou o cenário de transferências e as expectativas dos torcedores de pernas para o ar, mesmo quando a maioria das cartas parece estar a favor do CR7.

Comentários

topo