Vila Verde

Chega ‘exige’ reabertura dos complexos de lazer de Vila Verde e da Vila Prado

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O Chega Vila Verde veio a público exigir a reabertura imediata dos complexos de lazer de Vila Verde e da Vila de Prado mostrando o seu descontentamento e admiração de ainda estarem fechados ao público.

Comunicado do candidato Fernando Silva do Chega Vila Verde na íntegra:

“Caros/as vileverdenses, é uma VERGONHA os complexos de lazer de Vila Verde e da Vila Prado estarem fechados há vários meses sem existir qualquer razão para que isso aconteça.
Não entendemos esta situação e exigimos a abertura imediata desde complexos lazer.
Estas infraestruturas de lazer deviam estar a o serviço da população permitindo que os Vila -Verdenses praticassem atividade física melhorando assim a sua qualidade de vida.
Nem a pandemia pode servir de justificação para estarem fechados. Já estamos em desconfinamento muito adiantado no País e os ginásios privados já estão a funcionar há muito tempo. Também os complexos desportivos de outros concelhos estão a funcionar e os nossos não.
Não há nenhuma razão para as piscinas e ginásios municipais continuarem fechados.
Só a incompetência e o desleixo da gestão da autarquia explica a situação
Este é mais um exemplo da falência da política desportiva concelhia que se resume a dar subsídios a algumas coletividades.
Nós queremos que o desporto e o lazer tenham uma política consistente e que se aproveitem e coloquem todos os recursos concelhios ao serviço da população. Não devemos desperdiçar o pouco que temos como está a acontecer com estes complexos de lazer.
Exigimos que a câmara dê uma explicação pública sobre o que está a passar e exigimos que estes complexos iniciem imediatamente a sua atividade.
Eles existem para estar ao serviço da população e é isso que a câmara deve fazer de imediato.
Esta maioria está cansada, sem iniciativa, sem ideias e cheia de maus vícios. É tempo desta maioria ser mudada e hoje é claro para todos que só o CHEGA o pode conseguir. Não prometemos muito, mas convictos que faremos mais com menos, porque os 40 milhões de euros de orçamento anualmente serão bem geridos, não irão ser distribuídos pelos amigos.
Pedimos aos Vila-Verdenses que querem um novo tipo de governação que nos ajudem. Pedimos-lhes que votem em nós para não continuar tudo na mesma. CHEGA”.

Comentários

topo