País

Certificado digital deixa de ser obrigatório para entrar em restaurantes

(c) LUSA
Partilhe esta notícia!

O certificado digital vai deixar de ser obrigatório, a partir de 1 de outubro, para entrar em restaurantes às sextas-feiras ao jantar e aos fins-de-semana, assim como em estabelecimentos turísticos e no alojamento local.
Ginásios, casinos, termas e spas também deixam de exigir certificado. O certificado mantém-se obrigatório nas seguintes situações, sendo que passam a ser retomadas as visitas hospitalares:

Viagens por via aérea ou marítima
Visitas a lares e estabelecimentos de saúde
Grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos (DGS irá decidir quais se enquadram)
Bares e discotecas

Na fase 3 do desconfinamento, deixam ainda de existir limites máximos para o número de pessoas em grupo no interior dos restaurantes, cafés, pastelarias e em esplanadas, bem como são levantados os limites de lotação para estabelecimentos, espetáculos culturais e eventos familiares.

Comentários

topo