Vila Verde

Pedro Dias deixa presidência da junta da Loureira mas quer ‘continuar a trabalhar’

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Pedro Dias foi presidente da junta da Loureira nos últimos 12 anos. A lei de limitação de mandatos deixa-o agoira de fora do leme da freguesia da Loureira mas, segundo Pedro Dias, não quer deixar de trabalhar para a freguesia e para o concelho.

Em comunicado nas suas redes sociais Pedro Dias refere que “A Lei pode tirar-me o título de Presidente da Junta, mas não me impede de continuar a trabalhar pelo desenvolvimento da minha freguesia e do meu concelho. Nos últimos anos não pudemos realizar os nossos projetos, tivemos que nos adaptar. Distribuir receitas médicas, distribuir medicamentos, alimentos e máscaras passaram a ser os nossos “grandes projetos”. Conseguimos fazer algumas obras, outras tiveram que ficar por concluir. Deixo três exemplos de obras que têm financiamento e contratos assinados, mas só ficarão concluídas nos próximos meses. Pretendíamos chegar a esta fase, fim de mandato, com todas as obras terminadas, mas tal não foi possível! Tudo fizemos… muitas lutas foram travadas para conseguirmos estas obras!
Sabemos que o mais difícil de uma obra não é a sua execução, mas sim o seu financiamento e a pré-execução. Assim a parte mais difícil está feita”.

Agradecimentos

Pedro Dias deixa alguns agradecimentos na hora de deixar o cargo de presidente da junta da Loureira: “Tudo isto só foi possível com a equipa magnifica na junta de freguesia, na assembleia de freguesia, das 50 pessoas que todos os anos ajudaram nos eventos, das empresas amigas, dos movimentos associativos e do Município. Sempre mais desenvolvimento. Sempre com as Pessoas”.

Comentários

topo