Vila Verde

Fernando Silva (Chega) apela ao voto para ‘mudar Vila Verde e acabar com compadrios’

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O candidato do Chega à Câmara Municipal de Vila Verde lançou um vídeo de final de campanha eleitoral onde apela ao voto no Chega.

Comunicação na íntegra do Chega:

 

Vilaverdenses, no próximo Domingo o Chega é a única alternativa ao poder instalado na câmara Municipal deste Concelho. Peço desde já a todos que nos apoiem com o vosso voto.

Com o Chega, os Vila- Verdenses têm a certeza que estão a votar em alguém totalmente diferente daqueles que estão a governar a câmara até ao dia de hoje.
Nestas eleições só o Chega é a garantia de termos algo novo em Vila Verde.

As candidaturas do PSD e do PS são dois irmãos siameses que apenas se preocupam com os seus interesses particulares.

Um dos irmãos é muito forte e manda enquanto o outro é subserviente e obedece. O irmão mais forte preocupa-se em garantir os interesses de Bruxelas e dos apoiantes locais, enquanto o outro, ajuda discretamente o irmão mais forte à espera que lhe caia alguma migalha na gamela.
Votar num ou noutro acaba por ser a mesma coisa.
Nós, o Chega Vila Verde, não alinhamos em “brindes de champanhe”.

Só o Chega conseguirá enfrentar a Monarquia instalada em Vila Verde. Não temos medo de falar. Não dependemos em nada do poder instalado, porque não temos negócios nenhuns com a Câmara.

José Manuel Fernandes é o dono disto tudo e faz de Vila Verde a sua coutada particular.
Quando saiu da Câmara para Bruxelas deixou a Mulher a controlar essa coutada.

Pedimos a todos os vilaverdenses que nos ajude a combater esta Monarquia que está instalada em Vila Verde há décadas. Temos de acabar com isto.
Vivemos numa democracia e não numa Monarquia.
É tempo de dizer CHEGA, e não pudemos permitir que as águas sejam privatizadas que é isso que está na agenda secreta desses agentes desleais.

Durante a campanha fomos os únicos a levantar a voz e a denunciar o poder instalado, o amiguismo e a corrupção.
Temos orgulho neste combate a travar. Eu próprio já fui chamado a tribunal por ter dito umas verdades que para alguns foram muito incomodas, no final sai vencedor, porque a verdade prevalece sempre sobre a mentira e falsidade.
Acredito que vamos ganhar as eleições e logo no primeiro dia em que tomarmos posse iremos fazer uma auditoria à Câmara Municipal, mas se não ganharmos, no dia a seguir às eleições continuaremos nesta luta pela verdade e pela honestidade e bem estar de todos os cidadãos do nosso Concelho. O combate à corrupção é um dos principais objectivos a serem alcançados pelo Chega em Vila Verde.

Ao votarem no Chega, sabem que não é um voto perdido.

Durante a campanha também apresentamos muitas ideias novas para mudar Vila Verde para melhor. Divulgamos o nosso programa e andamos pelo Concelho a ouvir as pessoas.

Convido a todos os vilaverdenses a estarem presentes no nosso encerramento de campanha a partir das 20h na escola da Ribeira do Neiva em Azões.

Não sendo eu um político de carreira, mas um cidadão comum, honesto e trabalhador, espero merecer a vossa confiança nestas eleições, e com humildade vos peço, votem no CHEGA no próximo Domingo. A Força da Mudança fica agora em vossas mãos.

Viva Vila Verde

Comentários

topo