Póvoa de Lanhoso

Bombeiros e Cruz Vermelha de luto pela morte de Rui Ferreira em Póvoa de Lanhoso

(c) Redes Sociais
Partilhe esta notícia!

Socorrista Rui Ferreira de 45 anos de idade, residente na freguesia de Calendário, em Vila Nova de Famalicão do núcleo da Cruz Vermelha de Ribeirão faleceu de forma trágica enquanto circulava de bicicleta na Póvoa de Lanhoso, depois de ter sido colhido por um carro que se despistou em plena EN 103, projetando o socorrista para uma zona de mato.

Rui Ferreira ainda foi assistido no local pelas equipas de emergência, mas acabaria por falecer já depois de transportado para o hospital.

Comentários

topo