Vila Verde

Vila Verde. EPATV com ‘Bandeira do Selo Protetor dos Direitos das Crianças’

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O Concelho de Vila Verde assume a dianteira na proteção dos direitos das crianças e jovens, com a apresentação pública do VAI – Vamos Apostar na Infância: Plano Local de Promoção e Proteção dos Direitos das Crianças e Jovens de Vila Verde, no salão nobre do Município.

Este projeto desenhado pela CPCJ – Vila Verde, surge no âmbito do Projeto Adélia- Apoio à parentalidade. A Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) que tem a sua Diretora Pedagógica, Sandra Monteiro, como membro cooptado da comissão alargada da CPCJ- Vila verde, assumiu-se como parceira desde a primeira hora e hasteou, hoje, dia 30 de setembro, a Bandeira do Selo Protetor dos Direitos das Crianças, mais uma vez.

O Diretor da Escola, Dr. João Luís Nogueira marcou presença rápida no hastear da bandeira que contou com a participação da presidente da CPCJ de Vila Verde, Beatriz Santos, da presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, Rosário Farmhouse, coordenadora do projeto Adélia- CNPDPCJ, Elizabeth Di Paolo e da nova Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Júlia Fernandes, entre outras personalidades e instituições.

A promoção, proteção e defesa dos direitos humanos das crianças constitui um dos pilares fundamentais para o desenvolvimento e progresso das comunidades e Selo Protetor representa uma oportunidade de autodiagnóstico e capacitação dirigida às Entidades com Competência em Matéria de Infância e Juventude.

Comentários

topo