Viana do Castelo

Docente do IPVC de Viana apresenta livro com receitas tradicionais mais saudáveis

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

O docente da ESS-IPVC lançou o repto ao chef Rui Paula e daí ao lançamento do livro foi um pequeno passo. Entretanto, juntou-se também Catarina Correia, que trabalha há 12 anos com o chefe de cozinha na Casa de Chá da Boa Nova.

Receitas com todo o sabor e mais saúde é o que o nutricionista João Rodrigues, docente da Escola Superior de Saúde (ESS) do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), promete no livro “Tradicional e Saudável”, que já está disponível e vai ser lançado oficialmente a 16 outubro, Dia Mundial da Alimentação. O docente da ESS-IPVC uniu-se ao chef de cozinha Rui Paula e a Catarina Correia e apresentam cerca de 20 receitas tradicionais adaptadas aos novos estilos de vida. “O nosso objetivo é manter sempre a identidade de cada receita, ou seja, não queremos transformar, mas melhorar”, assegurou João Rodrigues, assumindo que este trabalho “é uma homenagem à gastronomia portuguesa, preservando as tradições com receitas mais adequadas do ponto de vista nutricional”.
Depois de ter lançado o primeiro livro “Duelo de Alimentos”, o docente da Escola Superior de Saúde do Politécnico de Viana do Castelo, começou a fazer uma análise do receituário tradicional português no blogue da sua autoria “Mundo da Nutrição”, onde aborda a alimentação e os seus privilégios. “Comecei a analisar do ponto de vista nutricional as receitas tradicionais e percebi que apesar de terem boas bases, o certo é que estavam desajustadas à realidade e comecei a melhorar algumas dessas receitas”, explicou João Rodrigues, admitindo que conseguiu fazer a parte técnica, mas precisava de alguém para confecionar as receitas.
O docente da ESS-IPVC lançou o repto ao chef Rui Paula e daí ao lançamento do livro foi um pequeno passo. Entretanto, juntou-se também Catarina Correia, que trabalha há 12 anos com o chefe de cozinha na Casa de Chá da Boa Nova.


A obra de 80 páginas conta com cerca de 20 receitas de enchidos, frituras, carne, peixe, sobremesas e outras sugestões, com o objetivo de melhorar a composição nutricional por dose, tanto do ponto de vista calórico como a relação dos diferentes nutrientes. Ali não faltam a Sopa da Pedra, o Bacalhau à Brás, o Empadão de carne, o Pudim Abade Priscos ou até a Mousse de chocolate.
“Se a gastronomia portuguesa é algo que deve ser valorizado e preservado, por outro lado, o estilo de vida atual impõe uma atualização natural da mesma. Isto sem colocar em causa a identidade das receitas, obviamente”, pode ler-se na sinopse do livro, garantindo que se pretende exatamente ir ao encontro desta necessidade. “Com base em conhecimentos científicos na área da nutrição e em conhecimentos técnicos de preparação e confeção dos alimentos, é proposta uma revisitação de alguns dos pratos mais tradicionais da gastronomia portuguesa. Houve uma preocupação clara de melhorar a composição nutricional por dose, tanto do ponto de vista calórico como em relação ao teor dos diferentes nutrientes”, acrescenta-se ainda na sinopse do livro, que vai ser apresentado no dia 16 de outubro no Norte Shopping.
Trata-se por isso de dar “um cunho mais atual” a pratos que fazem parte da vida dos portugueses há muitas gerações, ao nível dos sabores, texturas, combinações e porções, com “o objetivo nítido de os tornar mais ajustados ao estilo de vida atual, mas sem nunca colocar em causa a sua identidade/autenticidade”. Nas receitas, adiantou o nutricionista, foram alteradas as porções, a quantidade de gordura ou até acrescentados legumes e leguminosas. João Rodrigues exemplificou o caso da açorda, onde o pão branco foi substituído pelo pão integral.

Comentários

topo