Braga

“Continua o terrorismo arbóreo?” Abate de árvores revolta população em Braga

(c) Redes Sociais
Partilhe esta notícia!

“Continua o terrorismo arbóreo em Braga? Estas eram duas Erythrina crista-galli, também chamadas de coraleiras, corticeiras, sapatinho-de-judeu ou flor-de-coral. Foram plantadas quando este edifício da Rua dos Chãos foi construído, na segunda metade dos anos 70 do século XX. Eram bastante decorativas com as suas belas flores cor de coral. Deve haver boas razões para as terem aniquilado”, este é a denúncia de uma cidadã de Braga estupefacta com o abete “abusivo” de árvores na cidade de Braga.

Abate de árvores ‘em crescimento’ causa revolta em Braga

O Tema não é novo e tem levantado muitas vozes de revolta contra a Câmara Municipal de Braga.

SOS Árvores Braga acusa câmara de ‘desvaste’ de árvores no pavilhão das Goladas

Comentários

topo