Região

GNR detém quatro homem por caça ilegal em Guimarães e Póvoa de Lanhoso

(c) GNR
Partilhe esta notícia!

O Comando Territorial da GNR de Braga, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Fafe, no dia 21 de outubro, deteve quatro homens, com idades compreendidas entre os 26 e os 63 anos, por crimes contra a preservação da fauna e das espécies cinegéticas, nos concelhos de Guimarães e de Póvoa de Lanhoso.
Na sequência de uma fiscalização ao exercício da caça, os elementos do NPA surpreenderam o grupo de indivíduos que estavam a caçar em terreno não cinegético, ou seja, terreno onde não é permitida a caça, nomeadamente a menos de 250 metros de uma área que foi consumida por um incêndio florestal há menos de 30 dias.
Os suspeitos foram detidos e, no decorrer das diligências policiais, foram apreendidas quatro armas de fogo e respetivos livretes de manifesto de arma, cadeados e bolsas de transporte, bem como 27 munições de calibre 12 e as respetivas cartas de caçador.
Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Guimarães e ao Tribunal Judicial da Póvoa de Lanhoso.

Comentários

topo