Vila Verde

Festa das Colheitas. Câmara paga palco para 15 dias em festa que durou 4

Partilhe esta notícia!

A Festa das Colheitas em Vila Verde contou, este ano, com um programa reduzido para mitigar a propagação da pandemia, seguindo as recomendações da Direção-Geral da Saúde.

O pontapé de saída estava marcado para as 17h00 do passado dia 7 de outubro e durou até ao dia 10. Foram quatro dias do tão ansiado reencontro com as tradições.

O Município de Vila Verde recorreu à empresa Spormex Events & Exhibition para o aluguer, montagem e desmontagem de infraestruturas e equipamentos para o evento deste ano. Aliás, como já o fez no passado.

Em consulta no portal da contratação pública Base.Gov, o contrato publicado foi adjudicado pelo valor de 48.755,00€ (+IVA) para um prazo de execução de 15 dias. O evento durou quatro dias.

Já em 2017, a autarquia liderada então por António Vilela (PSD) contratou a mesma empresa para o mesmo efeito, pelo valor de 51.635,50€ (+IVA), para um prazo de execução de 7 dias. A Festa das Colheitas de 2017 teve a duração de 5 dias (de 4 a 8 de outubro).

Nota: O portal BaseGov, onde são publicados os contratos públicos, divulgou dados pessoais de cidadãos na internet. Depois da denúncia do semanário Expresso, o Ministério das Infraestruturas e Habitação, responsável pelo portal, bloqueou o acesso aos dados. Por esse motivo, não temos acesso detalhado ao contrato em questão, apenas à “folha de rosto” da sua publicação.

 

Comentários

topo