Vila Verde

António Vilela, condenado, recebe Medalha do Concelho de Vila Verde

Partilhe esta notícia!

O Município de Vila Verde assinalou este domingo o 166º Aniversário da Fundação do Concelho.

A cerimónia decorreu no Centro de Artes e Cultura de Vila Verde. Segundo a autarquia esta “é uma oportunidade para o concelho distinguir um conjunto de personalidades e instituições, pelos serviços prestados ao concelho e à causa pública.”

Júlia Fernandes, edil, e o presidente da Assembleia Municipal, Carlos Arantes, assumiram a abertura da cerimónia do Dia do Concelho, com momentos musicais interpretados por diferentes artistas e pela Orquestra da Academia de Música de Vila Verde.

Foi atribuída a Medalha do Concelho de Vila Verde a João Lobo, ex-presidente da Assembleia Municipal, e a José da Mota Alves, presidente da ATAHCA-Associação das Terras Altas do Homem e Cávado. Também o fotojornalista Alfredo Cunha é distinguido no evento, com a Medalha de Mérito Municipal em ouro.

António Vilela, condenado, recebe Medalha do Concelho

© Município de Vila Verde

Esta comemoração ficou marcada pela atribuição da Medalha do Concelho de Vila Verde a António Vilela, ex-presidente da Câmara, que havia sido condenado este ano a três anos e meio de prisão, com pena suspensa, e a perda de mandato por um crime de prevaricação. O processo está relacionado com um concurso público para chefe da Divisão Financeira do município, que o tribunal considerou ter sido um “fato à medida” da candidata vencedora.

António Vilela condenado a três anos e meio de prisão e perda de mandato

Comentários

topo