Braga

Braga. Município obtém financiamento de 20 mil euros para controlo de espécie invasora

Partilhe esta notícia!

O Município de Braga procedeu à elaboração de uma candidatura ao Fundo Ambiental para intervenções de controlo da erva-das-pampas (cortaderia selloana), tendo obtido um financiamento de 20 mil euros.

A autarquia está, neste momento, a preparar os trabalhos no Parque Urbano do Picoto, local onde foram identificados bastantes exemplares desta espécie. Para além da retirada destas plantas serão colocadas, naquele espaço, exemplares autóctones para o restauro do terreno, envolvendo-se voluntários, as Eco-Escolas, as associações e o público em geral. Serão também colocados dois painéis informativos sobre esta temática e distribuídos panfletos às escolas e público em geral.

O Fundo Ambiental, enquanto instrumento financeiro de apoio a políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável e da conservação da biodiversidade, contribui para o cumprimento dos objetivos e compromissos nacionais e internacionais, financiando entidades, atividades ou projetos que contribuam para tal, tendo identificado a erva-das-pampas (Cortaderia selloana) como uma invasora em franca expansão.

A colonização por esta espécie exótica invasora, também conhecida por penachos ou plumas, contribui para a perda de qualidade da paisagem e da biodiversidade.

A Cortaderia selloana substitui-se à vegetação autóctone, provoca perda de conectividade com a fauna e reduz a produtividade das pastagens naturais, bem como das florestas. A par das questões ambientais, esta espécie contribui para a ocorrência de alergias na população.

Comentários

topo