Barcelos

Empresa de Barcelos destruída pelo fogo, renasce sem apoio com 50 trabalhadores

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

A 10 de novembro de 2020, a fábrica de madeira e acrílicos Nevacril, em Balugães, Barcelos, terminou o dia da pior forma. Às 18h30, um curto circuito no interior de um quadro elétrico deu início a um incêndio que destruiu por completo a fábrica.

Os dias foram de incerteza e de muito trabalho para voltar a erguer a empresa. Os donos não quiseram esperar pelo dinheiro das seguradoras, que ainda discutem o valor em causa, e puseram mãos à obra.

Hoje, um ano depois, a Nevacril tem um novo edifício, novas máquinas, mais trabalhadores e orgulha-se de não ter perdido nenhum cliente, segundo dizem os donos, citados pelo O Minho.

Um exemplo de resiliência e de trabalho com selo português.

Comentários

topo