País

Professora doente com cancro morre à espera de atestado médico

(C) LUSA
Partilhe esta notícia!

“A mim já me vão levar o atestado ao caixão”, confidenciou Ana Margarida a uma amiga, um mês antes de morrer, cita o Correio da Manhã.

Ana Margarida Lopes, 47 anos, professora, natural de Viseu, perdeu a batalha contra o cancro, que começou na mama e espalhou-se por todo o corpo. Morreu no dia 11 de novembro, à espera do atestado médico multiuso a que tinha direito e que dava vários benefícios, avança mesma fonte.

O Correio da Manhã falou com Ana Margarida no dia 27 de outubro.

Comentários

topo