Vila Verde

Paulo Gomes pode estar fora da corrida à presidência dos Bombeiros de Vila Verde

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Foi apresentada, sexta-feira, 19 de Novembro de 2021, cumprindo o estatutariamente exigido, a lista candidata ao ato eleitoral em curso da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde para o próximo triénio liderada por Paulo Gomes. Segundo comunicado enviado ao Semanário V, “resulta esta candidatura de um grupo de trabalho que emerge da sociedade civil, com larga experiência e formação ao nível do associativismo, socorro, administração, entre outras, no sentido de dar o nosso maior contributo, para trabalhar em prol de uma das maiores, senão a maior e mais importante Associação do nosso Concelho, a Associação Humanitária Bombeiros Voluntários de Vila Verde. Com trabalho e dedicação queremos sobretudo de forma desinteressada a transparência, rigor, respeito, comunicação salutar e profícua entre a força viva desta Associação, bombeiros, comando, direção e demais partes intervenientes”.

“Pautamo-nos pela seriedade e vontade de fazer diferente, fazer melhor em prol do garante da paz interna desta nobre e centenária instituição, ao serviço do nosso concelho. Valorizamos a vida humana, bem como cada pessoa que se dedica à nobre missão de ajuda ao próximo, vocacionadas para o socorro e não só! Defendemos um comando autónomo, considerando que deve ser devolvida aos bombeiros a sua estrutura de comando operacional, mantendo sempre uma estreita e saudável colaboração/interligação com a direção. Oportunamente será apresentado o programa para o próximo triénio”, escreve a candidatura de Paulo Gomes em comunicado.

Carlos Braga, antigo presidente dos Bombeiros de Vila Verde, foi o escolhido como mandatário da candidatura de Paulo Gomes à presidência dos Bombeiros de Vila Verde.

Lista de Paulo Gomes não cumpre artigo estatutos

Paulo Gomes pode ver a sua lista fora da corrida à presidência dos Bombeiros de Vila Verde por não cumprir os estatutos relativamente à data de pagamento das quotas dos associados que compõem a sua lista.

Ao Semanário V, fonte ligada à candidatura de Paulo Gomes, assume que ‘foi um lapso’ da parte da candidatura mas que a lista pode ser aceite e que caso seja recusada mostra da parte de Paulo Renato ‘fuga à oposição’.

No ‘reverso da medalha’, sabe o Semanário V, que houve uma impugnação à edição das candidaturas leitorais, dado o atraso e não cumprimento do prazo de afixação do edital oficial da Assembleia dos Bombeiros com a abertura da entrega das listas. Esse facto pode ditar a anulação das eleições nos Bombeiros de Vila Verde.

Paulo Renato ‘passa a batata’ da ilegalidade da lista de Paulo Gomes

O atual presidente dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde, em declarações ao Semanário V, diz que a decisão das ilegalidades devido ao atraso de pagamento de quotas por parte dos associados cabe a Mota Alves, presidente da Assembleia Geral dos Bombeiros de Vila Verde.

Até ao momento o Semanário V não conseguiu contacto com Mota Alves.

Paulo Renato anuncia recandidatura à presidência dos Bombeiros de Vila Verde

Comentários

topo