Saúde

Testes rápidos gratuitos à Covid-19 em quase 800 farmácias e laboratórios

(c) Direitos reservados
Partilhe esta notícia!

Os testes rápidos de antigénio à covid-19, no âmbito do regime que prevê a sua comparticipação a 100%, estão disponíveis em 622 farmácias e 158 laboratórios de Portugal continental, segundo o Infarmed.

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) disponibilizou hoje a lista de farmácias de oficina e a lista de laboratórios e postos de colheita que realizam testes rápidos antigénio (TRAg) de uso profissional comparticipados.

As pessoas podem consultar as farmácias e laboratórios da sua localidade através destas listas, que estão em “constante atualização”, através da página do Infarmed na internet.

O Ministério da Saúde voltou a comparticipar desde a passada sexta-feira a realização de testes rápidos de antigénio, uma medida que abrange toda a população e se estende até 31 de dezembro, prazo que pode ser prorrogado, ao abrigo do regime excecional e temporário de comparticipação de TRAg.

O regime excecional e temporário tinha cessado em outubro, tendo em conta que Portugal estava próximo de atingir os 85% da população totalmente vacinada contra a covid-19, mas o ministério decidiu reativá-lo devido à atual situação epidemiológica, com o aumento de casos de covid-19 e dos internamentos.

“Importa voltar a intensificar a realização de testes para deteção do SARS-CoV-2, de forma progressiva e proporcionada ao risco, que contribuam para o reforço do controlo da pandemia covid-19”, explicou em comunicado no dia em que saiu a portaria (18 de novembro).

Explicou ainda que a comparticipação de testes, mesmo num cenário onde mais de 86% da população já está completamente vacinada, pretende facilitar o acesso dos cidadãos nas situações em que os testes estão indicados.

A portaria fixa em 10 euros o valor máximo que o Governo vai pagar às farmácias por cada teste realizado, que será gratuito para os utentes. Os testes gratuitos ficam limitados a quatro por mês e por utente, sendo que os testes apenas podem ter lugar nas farmácias e laboratórios devidamente autorizados pela Entidade Reguladora de Saúde como já acontecia antes.

Segundo os últimos dados divulgados pela Task Force para a promoção do Plano de Operacionalização da Estratégia de Testagem para SARS-CoV-2, já foram feitos em Portugal mais de 20 milhões de testes de diagnóstico à covid-19 desde o início da pandemia em março de 2020.

Este ano foram efetuados cerca de 48 mil testes por dia, em média, mais de 70% do total de testes de diagnóstico realizados desde o início da pandemia, adiantam os dados divulgados em 06 de novembro.

A covid-19 já matou em Portugal, desde março de 2020, 18.385 pessoas e foram contabilizados 1.133.241 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

Com Agência LUSA

Comentários

topo